fbpx

Inteligência agropecuária é um termo da moda no setor. Mas o que isso realmente significa? No campo da avicultura, trata-se fundamentalmente de uma combinação de novas tecnologias e técnicas de observação, todas aliadas à ciência analisando dados para melhorar a sanidade avícola, o bem-estar e a biossegurança das aves, além de gerar eficiências comerciais. Criar aves de forma inteligente também nos coloca anos-luz à frente em áreas de grande importância para os consumidores atuais, como sustentabilidade ambiental e transparência da cadeia alimentar.

A tecnologia está ficando mais inteligente, e as empresas que se dedicam à reprodução de aves estão empregando os mais recentes avanços para acompanharem uma crescente necessidade global de carne de frango, que vem se tornando rapidamente a proteína preferencial em todos os continentes.

Para criar o maior impacto, além de frangos, devemos produzir dados. Utilizando sensores móveis e sistemas de monitoramento, podemos coletar dados da granja em tempo real e analisá-los posteriormente para encontrar o ambiente ideal para as aves, sem mencionar as eficiências das análises de ração e processamento. Portanto, podemos promover a saúde e o bem-estar das aves, obtendo, ao mesmo tempo, grandes benefícios econômicos – considerados, até então, impossíveis para os produtores.

Podemos definir e observar condições de temperatura, umidade e fluxo de ar. Da mesma forma, os níveis de conforto das aves podem ser avaliados por meio de sua temperatura corporal e fatores relacionados com a qualidade do ar, como os níveis de dióxido de carbono e amônia. Sensores conhecidos como medidores de fluxo podem enviar alertas quando ocorre o rompimento do sistema de distribuição de água. Quando as condições se tornam preocupantes, os produtores podem ser notificados em seus dispositivos pessoais a qualquer hora do dia ou da noite.

O enorme volume de dados efetivos que coletamos de nossas granjas em todo o mundo pode ser contrastado com previsões de produção e metas de processamento para alcançar maior precisão. A coleta e análise de dados nos coloca no controle da situação, e ter mais controle significa obter mais eficiência.

Preservação da água, do meio ambiente e dos custos de produção

As taxas de crescimento e condições de saúde das aves também podem ser observadas em tempo real com o uso de sensores e monitores. Com isso, a nutrição e as quantidades de ração podem ser ajustadas para os níveis ideais de bem-estar, viabilidade e eficiência das aves. Por si só, a eficiência da ração gera benefícios em diversos níveis. Pense nisso… A maior parcela dos custos operacionais se deve à ração e, graças aos avanços em técnicas de seleção que aprimoram a conversão de ração em carne, os produtores podem agora alimentar mais aves usando menos ração.

Imagine os efeitos positivos da maior eficiência de ração sobre o meio ambiente. Menos ração para as aves significa menos uso de água e terras cultiváveis para o cultivo de grãos. Essas terras podem ser direcionadas para a conservação, ou os grãos não usados para a alimentação de frangos podem alimentar pessoas. O abastecimento mundial de água — que se esgota rapidamente — é mais bem conservado e, principalmente, cuidado.

O consumidor no controle

Os consumidores de hoje em dia querem saber de onde vem sua comida. Ao combinarmos tecnologias como leitores ópticos e blockchain para rastrear cada etapa da cadeia de valor, podemos facilmente oferecer mais transparência. Portanto, com uma simples leitura digital de um frango, usando um smartphone, os consumidores podem ver o nome e a localização da granja onde ele foi criado e a localização da unidade de processamento, para citar apenas alguns exemplos.

Biossegurança, a resposta para a segurança do abastecimento

Robôs andam rondando aviários modernos e desempenhando diversas tarefas, desde a limpeza e a desinfecção das instalações até a prevenção da queda de ovos e o acompanhamento de condições ambientais. Isso é importante para alertar os produtores quando as condições passam a ameaçar a sanidade, o conforto e a biossegurança das aves. E graças à inteligência agropecuária, em algumas regiões do mundo, deve ser feita a leitura óptica de um cartão de identificação sempre que alguém ingressa em um aviário, o que revela dados como o nome, a condição de saúde e as granjas visitadas anteriormente. Sistemas semelhantes são empregados em caminhões de ovos e de ração, tudo para que os produtores possam rastrear a atividade e reduzir o risco de doenças, garantindo um fornecimento seguro de aves para as comunidades em todo o mundo.

A evolução da granja

Ao enfrentarmos o desafio de alimentar a população mundial, que deve crescer para 9,8 bilhões de habitantes até 2050, a produção avícola deve responder com métodos de produção mais modernos, inteligentes e eficientes. Precisaremos empregar novas tecnologias e mineração de dados para promover eficiências e atender a um consumidor que se envolve de modo mais proativo. A nova onda digital que ganha terreno rapidamente na agricultura está gerando um grande impacto e revolucionando nossa abordagem com relação à produção de aves. Os modernos avanços tecnológicos possibilitam grandes melhorias de produção em cada elo da cadeia de valor, ampliando nossa capacidade de manter o fornecimento de alimentos para uma crescente população mundial.

Entre em contato com a nossa equipe e conheça as nossas soluções para avicultura. Utilize na sua granja nossas tecnologias para o sistema de aquecimento!

Reprodução/Fonte: O Presente Rural